Hugo Jorge - Psicologia & Counselling - Portugal, Australia, Moçambique
Formado em Psicologia. Life Coaching. Ludoterapia. Counselling. NOVA PAGINA www.hugojorge.com

17 Abril 2008


Patologias de âmbito psicológico podem ser responsáveis por problemas de voz, afirmou Mafalda Andrea, psicóloga da equipa interdisciplinar do Departamento de Otorrinolaringologia, Voz e Perturbações da Comunicação do Hospital de Santa Maria (OVCHSM), Lisboa. "O processo normal é virem às consultas do otorrino com uma queixa de voz, onde percebem que não existe nenhuma lesão nas cordas vocais. Há uma avaliação psicológica e a partir daí inicia-se todo o processo de psicoterapia", referiu Mafalda Andrea à Lusa. "As pessoas valorizam imenso a voz. Se pensarmos, a voz desempenha dois papéis essenciais, [um] ao nível da comunicação (os nossos pensamentos, sentimentos, ideias, projectos) e também pode servir um pouco como o nosso barómetro emocional. Através da voz, os outros conseguem aceder ao nosso estado. 'O que se passa contigo? Há qualquer coisa na tua voz?!', são expressões frequentes", assinalou aquela psicóloga.

Fonte: JN
publicado por Hugo Jorge às 10:10

Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
16
18
19

21
23
25
26

27
28
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Analytics
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

27 seguidores

pesquisar
 
blogs SAPO