Hugo Jorge - Psicologia & Counselling - Portugal, Australia, Moçambique
Formado em Psicologia. Life Coaching. Ludoterapia. Counselling. NOVA PAGINA www.hugojorge.com

16 Dezembro 2007
O amor é o maior presente que podemos dar a nós e aos outros.

Para que o amor se desenvolva para além da atracção inicial, temos que aprender a aceitar inteiramente os outros tal como são.

No amor há afeição, carinho e contacto que podem ter um efeito terapêutico. Existe um compartilhar físico, emocional e mental. Nós entramos em contacto com os outros. Nós afectamo-los e eles afectam-nos. O amor pode influenciar-nos consideravelmente, pode ajudar-nos amolecer o que é rígido. Pode ajudar-nos a abrir o que está fechado. Pode ser uma força criativa na nossa vida. Ao nos aproximarmos dos outros nós somos enriquecidos pelas suas naturezas e eles são por sua vez enriquecidos por nós. Algo de novo surge deste nova partilha íntima. No amor existe também a paixão que está cheia de energia e excitação. Isto faz surgir em nós um vigor e associado frequentemente a um sentimento de alegria profunda.

Alguns dos obstáculos a amar: a nossa agenda pessoal ou motivações, expectativas, necessidades e desejos. Temos que ter cuidado para que no amor não estejamos a procurar a nossa pessoa, uma réplica, um clone; ninguém pode ser exactamente como nós. O amor pode ajudar-nos a descobrir as nossas diferenças de modo que possamos enriquecer-nos por elas.

Martine Batchelor

Ler texto completo

Mais informação sobre Martine Batchelor

obrigada pela visita.
AMEI O TEXTO .
Quando crescer quero ser psicologa...
Ok, agora vou ler o resto do blog :D

Beijinhos @
refugiada.blogs.sapo.pt a 11 de Dezembro de 2007 às 15:28

Obrigado pela visita.
Adorei o seu texto sobre o Amor.
Tenho um carinho especial pelos psicologos.
Bom NAtal
cecilia a 11 de Dezembro de 2007 às 15:26

PASSEI PARA AGRADECER O TEU COMENTARIO E TUA VISITA E VIM TE VISITAR ADOREI TUDO O K VI...
TENS TEMOAS E ASSUNTOS SOBRE A SAUDE O K ME INTERESSA MTO POIS TB LA TRABALHO...
MAS GOSTARIA DE FAZER UMA NOTA A ESTE TEU BLOG .
NINGUEM CONSEGUE AMAR ALGUEM SEM PRIMEIRO SE AMAR A SI MESMO... O AMOR E UM DOS SENTIMENTOS MAIS PUROS E LINDOS QUE EXISTE NO SER HUMANO SEM DUVIDA E POSSO TE DIZER K EU ME AMO MUITO E TENTO DAR A TODOS OS K ME RODEIAM UM POUCO DESSE MESMO AMOR PRINCIPALMENTE COM OS MEU DOENTINHOS EHEHEHE
PARABENS PELO TEU BLOG TA LINDISSIMO E INTERESSANTE
UM BJS E TEM UM DIA MTO FELIZ.
NOTA: POSSO TE CONVIDAR COMO AMIGO? TERIA MTO GOSTO NISSO
ANA
teudoceolhar a 2 de Abril de 2008 às 12:34

Belo texto, sem duvida!
Parabéns pelo blog! Penso que cada vez mais é importante que as pessoas se compreendam a si proprias, para poderem compreender melhor os outros. Tentar compreender a mente humana é extraordinário! E eu descobri há pouco tempo essa paixáo! Para mim a psicologia é uma àrea extremamente interessante!
Mais uma vez parabéns e contine a publicar posts que nos façam pensar!
azuldoceu a 27 de Abril de 2008 às 21:38

uma excelente definição, sem dúvida!
jangadadecanela a 30 de Abril de 2008 às 16:49

Obrigada pela passagem ao meu blog, volte sempre
Antes demais, amo a sua área e já pensei seguir psicologia, só que é um pouco complicado visto o desemprego...
Bom, quanto á sua defenição de amor:
"O amor é o maior presente que podemos dar a nós e aos outros." nada mais verdadeiro do que esta frase.

Beijinho*
* a 30 de Abril de 2008 às 17:23

Bonito! ;)

Beijinhos
Angela a 30 de Abril de 2008 às 17:26

Acho que é a primeira vez que vejo alguém dar a defenição de amor...
Mas gostei =) hehe...
Besuh ^^
Piratinhah a 30 de Abril de 2008 às 18:21

AINDA que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.
O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece...
Biblia(1º catra aos Coríntios,cap13)

Este texto está muito bem elaborado e tem raízes Biblicas.
Um abraço CarmenZita
carmemzita a 2 de Maio de 2008 às 15:05

A primeira frase é linda! Só que infelizmente amo um homem, lutei durante quase 4 anos pela nossa relação e, em Fevereiro, depois de assistir a uma troca de msgs e como as coisas já não andavam bem, tivemos uma conversa e tudo acabou. Eu confrontei-o com o facto de ele me querer amar, mas não conseguir e, ele confirmou. Chorou, disse que às vezes pensa que um dia mais tarde as coisas vao ficar bem e, hoje eu venho a descobrir que ele já está a sair com essa mulher com quem trocou as msgs naquele dia! E ainda há duas semanas tive uma conversa com ele, e ele disse-me que neste momento não se queria comprometer com ninguem e que queria aproveitar aquilo que nunca teve que é o espaço dele (ele foi morar sozinho há cerca de 1 mês).
Desculpe o desabafo, mas hoje aconteceu aquilo que eu temia há mto tempo, mas que acreditava nunca viesse a acontecer.
azuldoceu a 4 de Maio de 2008 às 21:27

Dezembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
15

19
20
21
22

23
24
25
26
28
29

30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

27 seguidores

pesquisar
 
blogs SAPO