Hugo Jorge - Psicologia & Counselling - Portugal, Australia, Moçambique
Formado em Psicologia. Life Coaching. Ludoterapia. Counselling. NOVA PAGINA www.hugojorge.com

04 Outubro 2008

Cada vez se fala mais na problemática da obesidade. Portugal apresenta uma realidade muito grave e preocupante. Portugal é o país da União Europeia que apresenta a percentagem mais elevada de crianças obesas entre os 7 e 11 anos (mais de 10%), sendo que 30% das crianças portuguesas tem excesso de peso.

 

O jornal Público tem um fantástico canal temático chamado Peso e Medida. Aborda-se obviamente a influência da alimentação e do exercício físico. O mesmo jornal faz referência a um estudo recente que chega à seguinte conclusão: a obesidade aumenta a probabilidade de abortos espontâneos recorrentes.  O Ministério da Saúde tem também informação sobre este tema no seu site

 

Depois de uma pesquisa sobre o assunto cheguei à conclusão que em nenhuma parte se refere a importância dos transportes. Ou melhor, a forma como nos deslocamos tem muita influência neste grave problema de saúde pública. Ian Walker faz a mesma pergunta: "porque razão ninguém consegue perceber a ligação e ver o papel dos transportes na resolução do problema?" E acrescenta: "(1) os nossos corpos não foram feitos para o sedentarismo e (2) a maioria das pessoas utiliza hoje em dia o carro em pequenas deslocações. Se as pessoas fizessem estes pequenos percursos a pé ou de bicicleta, isto sim, seria um grande ataque à obesidade."

 

A maioria das entidades governamentais, media e associações não fala nisto. Não promove modos de transporte mais saudáveis como os transportes públicos, o andar a pé e de bicicleta nas deslocações diárias casa-trabalho ou casa-escola. A maioria não vê a ligação entre uma cultura do automóvel e a obesidade. Tenho esperança que aconteça uma mudança na percepção do problema e nas estratégias de resolução do mesmo. Eu faço a minha parte. Falo aqui sobre o assunto e há 3 meses que me desloco diariamente de bicicleta.   


05 Março 2008


Guerra à obesidade

Nove em cada dez portugueses com peso a mais não são tratados

Nova Iorque combate a obesidade com bancas móveis de frutas e vegetais


Obesidade mórbida chega a 300 mil em Portugal

Descubra mais informações no Site Peso&Medida: http://pesoemedida.com  - Publico.pt e Faculdade de Motricidade Humana.
publicado por Hugo Jorge às 09:02

Junho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
24

25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Analytics
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

27 seguidores

pesquisar
 
blogs SAPO